TOPO

Planejar JF - A Planejar Consultores Associados conta com uma equipe especializada e com alta performance em tecnologia na gestão municipal.

MENU

Secretarias de Educação têm até 22 fevereiro para aderirem ao “Mais Alfabetização”

Secretarias de Educação têm até 22 fevereiro para aderirem ao “Mais Alfabetização”

O Ministério da Educação prorrogou para o dia 22 de fevereiro (quinta-feira) o prazo para estados e municípios aderirem ao “Programa Mais Alfabetização”. A adesão deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle (Simec). As escolas terão prazo até 23 de fevereiro para a adesão.

A expectativa é atender a 4,2 milhões de alunos em aproximadamente 200 mil turmas espalhadas pelo Brasil. O programa foi criado pelo MEC com o objetivo de apoiar escolas no processo de alfabetização dos estudantes de todas as turmas do primeiro e do segundo anos do ensino fundamental. Para isso, serão investidos R$ 200 milhões para o pagamento de um assistente pedagógico para auxiliar os professores em sala de aula.

O repasse será feito por meio do “Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE)” e os auxiliares receberão R$ 150 por mês para cada turma em que atuarem, podendo acumular até oito turmas. Não há vínculo empregatício. Os candidatos a assistentes devem, obrigatoriamente, passar por um processo de seleção elaborado pelos municípios.

O “Mais Alfabetização” faz parte da Política Nacional de Alfabetização, lançada pelo MEC em 2017 para combater a estagnação dos baixos índices registrados pela Avaliação Nacional de Alfabetização. O conjunto de iniciativas terá investimento total de R$ 523 milhões.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MEC / Portal AMM
Foto: TV MEC.

Para ver a matéria na íntegra, clique aqui

Mais informações com a assessora do departamento de Educação da AMM, Alessandra Marx, pelo telefone (31) 3916-9199.

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter