TOPO

Planejar JF - A Planejar Consultores Associados conta com uma equipe especializada e com alta performance em tecnologia na gestão municipal.

MENU

Tribunal de Contas publica o Índice de Efetividade da Gestão Municipal 2017

Tribunal de Contas publica o Índice de Efetividade da Gestão Municipal 2017

A terceira edição do programa que elabora o Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) já está disponível no Portal do TCEMG, através do link que direciona para o Fiscalizando com o TCE. Os dados mais recentes se referem ao exercício de 2017, com a pontuação de sete áreas da administração municipal: Educação, Saúde, Planejamento, Gestão Fiscal, Meio Ambiente, Proteção das Cidades e Governança em Tecnologia da Informação.

O IEGM é uma ferramenta que permite aos gestores públicos conhecer a situação de seus municípios e comparar a evolução das políticas públicas. O índice resulta das informações coletadas por meio de questionários enviados ao TCEMG pelos municípios, somados aos dados extraídos do Sistema Informatizado de Contas dos Municípios (Sicom) e dados governamentais.

Na comparação dos exercícios 2016 e 2017, a cidade de Belo Horizonte apresentou elevação nos índices de gestão da Educação, que em 2016 estava em Fase de Adequação (C+) e, em 2017, evoluiu para Efetiva (B). O índice de gestão na Saúde da Capital também teve um crescimento, partindo da situação Efetiva (B) para Muito Efetiva (B+).

Os índices da cidade de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, também mostraram uma evolução entre os exercícios 2016 e 2017 nos quesitos Meio Ambiente, Proteção da Cidade e Governança em Tecnologia da Informação. Em 2017 o índice relativo ao meio ambiente e proteção da cidade foi considerado Altamente Efetivo (A) e o índice referente à Governança da Tecnologia da Informação evoluiu da condição Efetiva (B) para Muito Efetiva (B+).

Na região Metropolitana, Contagem também apresentou evolução nos quesitos Educação, Saúde e Proteção das Cidades. O índice de Educação, que em 2016, era considerado Em fase de Adequação (C+) evoluiu para Muito efetivo (B); na saúde o índice foi de (C) Baixo Nível para Muito Efetivo (B) e o índice de Proteção das Cidades evoluiu de Muito Efetivo (B) para Altamente Efetivo (A).

A cidade de Montes Claros, no Norte de Minas, apresentou elevação nos índices de Meio Ambiente e Proteção das Cidades. Apresentou se Altamente Efetivo (A) no quesito Proteção das Cidades e Muito Efetivo no quesito Meio Ambiente (B+).

Para acessar o IEGM dos municípios mineiros clique aqui.

Alda Clara - Coordenadoria de Jornalismo e Redação do TCEMG 

Fonte: TCEMG

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter